sexta-feira, 11 de março de 2011

Pelo Fim do Dia das Mulheres

Mulheres Feminismo Ativismo


O recém ocorrido feriado do Dia das Mulheres (na verdade um puxão de orelha da Mônica me lembrando da data) me fez pensar que esse é um dos feriados que eu gostaria que não existisse. Assim como gostaria que não existissem também o dia do orgulho gay e o dia da consciência negra. E antes que me atirem as pedras, não tem nada de pré-conceituoso no meu texto.


Na verdade, a minha esperança é que um dia todos esses pré-conceitos de gênero, cor e orientação sexual se tornem algo tão raro (o ideal seria inexistente, mas sempre existirão idiotas no mundo) e sem sentido. Quando esse dia chegar, a igualdade entre pessoas de cores, gêneros e orientações sexuais distintas se tornará algo tão banal que não haverá motivos para ir às ruas em certas datas para lembrar a sociedade o quanto estes grupos conquistaram e quanto eles ainda necessitam lutar para que esta igualdade seja estabelecida.


Enquanto isso eu fico aqui aguardando ansiosamente a extinção do Dia das Mulheres.

9 comentários:

Felipe "Miro" 'Dreads' disse...

Se fosse, pelo menos, um feriado e eu não tivesse que ir trabalhar nem estudar por mim estaria tudo bem.

Mas como não é e eu tenho que aturar essa palhaçada então eu to contigo.

Belos e Malvados disse...

Já que igualdade de fato não existe, não sou contra a data não. Mas acho que o slogan deveria ser: menos flores e mais respeito.

Daniela Ramalho disse...

Não gosto nada desse dia também. Mas pronto.

Leonardo Xavier disse...

Miro se eles fizerem virar feriado, eu mudo de opinião. ^^

Anne, eu acho que você tem plena razão!

Sério Daniela? Eu achava que a Maioria das mulheres gostava dessa data.

Ricardo Chicuta. disse...

Demorou para acabar.O dia das mulheres não tem amis sentido.

Rachel Chagas disse...

Concordaria plenamente contigo se várias mulheres, ou negros, ou gays, não sofressem pré conceito no trabalho e não tivessem que muitas vezes, mostrar sempre mais do que os homens, héteros e brancos.
Concordarei no dia em que mulheres, negros e gays deixarem de ser violentados e agredidos com, ou sem motivos.
Concordarei realmente que não haja necessidade de datas especiais para qualquer um deles, no dia em que realmente não haja nenhum tipo de pré conceito ou indiferença diante dessas pessoas. Sejam eles bobos do tipo "mulher no volante perigo constante" ou sérios do tipo todos os dias não sei tantas mulheres são agredidas pelos próprio companheiro, violentas, mortas.
Aí sim, quando isso mudar estarei de acordo. No mais, que os gays, mulheres, negros ou, qualquer outro tipo de gênero que sofra qualquer tipo de pré conceito que seja, tenham sim, um dia para serem lembrados como gente, como iguais, tenham esses dias surtido efeito, ou não, seja realmente feriado ou não. Tenham os homens folga ou não.
Por que pra quem nunca apanhou gratuitamente ou pra quem nunca foi humilhado, fosse da forma que fosse, realmente fica muito fácil se fingir de cego diante disso.

PS: eu entendi o seu texto. Eu entendi que você não acha necessario ter uma data especial para essas coisas,pois você quer mesmo é que essas diferenças se tornem raras ou acabem. Mas ao mesmo tempo vi sarcasmo ao voce citar numa resposta a um comentário(de um homem, para variar) que se realmente fosse feriado, aí sim você concordaria em tê-lo. Mas enfim, acho seus textos inteligentes, gosto de lê-los e concordo plenamente com muitas coisas das quais você diz, mas me desculpe, nesse aqui, eu realmente tive que discordar de você.

PS 2: adorei o seu comentário na minha postagem "fundo do poço"... é muita droga mesmo... auauahuahauha... Obrigada por ter passado lá. Você tinha sumido!

Até a próxima postagem e, espero que possa refletir mais e melhro sobre esse assunto.

Rachel Chagas disse...

Quis dizer "violentadas" lá em cima e, não, "violentas"... :P

Outro texto meu no lugar de um simples comentário... maaaas, acho que você já está acostumado com isso, né? :)

Leonardo Xavier disse...

Rachel é que eu me vendo barato, por um feriado eu só não apoiaria o Dia da Salada. =)

Mas eu realmente penso que atualmente esse feriados ainda são necessários, espero que um dia não sejam. Agora, se virar feriado eu sou a favor de que se comemore a data mesmo não sendo mais necessário!

^^

Rachel Chagas disse...

Ah, então se é assim, tá perdoado... tenho um amigo que fala direto pra mim que se vende barato pra tudo... ri muito quando li que você também é desses... uaauhauhauauah