segunda-feira, 10 de maio de 2010

Tragédia Grega!

Policiais Gregos Manifestações


Se há algo que todo mundo já deve estar sabendo é que os gregos estão passando por uma crise e que essa crise talvez se alastre para outros países da União Européia. E apesar de todo o esforço vem sendo realizado e do auxílio recorde, a verdade é que o governo helênico teve que apertar o cinto e aí que surgiram inúmeros protestos dentro do país.

Eu cheguei a ver algumas fotos na imprensa, nas quais era possível ver os manifestantes depredando prédios e entrando em confronto com a polícia, contra a qual atiravam pedras e coquetéis molotov.

Nunca fui contra protestos, eu sempre fui a favor de que as pessoas manifestações suas opiniões ainda que contrárias às minhas. Se os indivíduos, numa sociedade, não concordam com alguma atitude nada mais justo do que ir às ruas, carregando faixas e tentando chamar atenção para aquilo que precisa ser mudado. No entanto, isso deveria ser feito de maneira pacífica. Afinal de contas será que depredar prédios, agredir agentes de polícia e causar ferimentos as pessoas são atos que vão resolver uma crise econômica?

Manifestações Grécia Crise


8 comentários:

Mônica Wesley disse...

Sou a favor de manistações, mas se houver violência ou nudez pra mim perde a moral.

Leonardo Xavier disse...

Mônica, eu juro que eu nunca refleti a respeito da questão da nudez nos protestos. No entanto, apesar de ser algo que eu não faria, eu nunca vi nada muito nocivo.

Daniela Ramalho disse...

A violência deve ser uma forma de chamar a atenção, infelizmente às vezes os protestos pacíficos são ignorados.
Parece que o próximo a levar com a crise desta forma é portugal, mas certamente às nossas ruas não sairá ninguém.

Leonardo Xavier disse...

Pelo que eu andei lendo é bem provável que repercuta aí em Portugal e eu acho que as pessoas devem sair as ruas sim. A crise machuca a parte mais sensível do ser humano: o bolso.

Mônica Wesley disse...

Pra mim a nudez nas manisfestações representam manifestantes fracos, sem argumentos que para chamar atenção para a causa apelam para a nudez. Se a causa fosse forte, não precisariam disso.

Leonardo Xavier disse...

Eu acho que olhando por esse ponto de vista, tem uns peladões muito corajosos... aquela turma que sai correndo ou pedalando com aquele frio de rachar. No entanto, eu acho que a nudez parece ser uma forma de protesto válido para mim não machuca ninguém e se eles conseguem repercussão na mídia é por que foi eficiente.

Se bem que do jeito que o mundo anda, daqui a pouco gente pelada na rua não chama mais atenção. kkkkkkk!

Rachel Chagas disse...

Se há um motivo pelo qual eu me manifestaria (não sei talvez se, nua(não posso dizer nunca por que nao se sabe o dia de amanhã), mas enfim, seria contra os maus tratos a animais, crianças e idosos. São seres indefesos e sofrem com a maldade que o ser humano tem a capacidade de adiquirir com o passar do tempo.
Faria isso só por eles...

PS: ja disse que o meu sonho é (ou, era) participar do Greenpeace ajudando as baleias?! Acho que eu morreria por essa causa, mas ao mesmo tempo, infelizmente me acovardo.

Leonardo Xavier disse...

Eu acho que eu já li uma reportagem onde o reporter acompanhava uma organizações dessas, não lembro se o Greenpeace ou o Greyhound(que foi formado por um dissidente do Greenpeace e é um pouco mais radical), onde o reporter falava das dificuldades dessas viagens com recursos limitados, água racionada, etc. Parece ser uma luta bem dura.