sábado, 13 de março de 2010

Passado, Presente e Futuro

Trama

Lá estava ele sentado num banco de jardim, apreciando a luz filtrada pela copa das árvores a refletir no livro aberto em suas mãos. Interessava-lhe o modo como aquelas machas de luz e sombra se alteravam ao sabor dos ventos, formando um caleidoscópio de sombra e luz que o fizera esquecer-se temporariamente do conteúdo daquelas páginas.

Então, ele começa a pensar como coisas simples podem nos alegrar e entreter por alguns instantes, como uma criança que faz de brinquedos objetos inúteis do cotidiano. Então um pássaro começa a cantar, e então ele fecha os olhos, esquece o caleidoscópio e concentra-se totalmente nos trinados da ave. As folhas sacolejavam com o vento, e ele sentia a luz filtrada batendo na sua pele e sentia o vento também.

Todos aqueles sons e sensações juntos formavam uma sinfonia e aquele canto transformava-se em um fio invisível, e ele sentia aquele fio invisível ligar-lhe a todos os homens que já observaram, observam e observarão um pássaro a cantar na copa das árvores. E o tempo e universo pareciam únicos e interligados numa trama infinita, onde cada coisa e cada instante se uniam em uma malha gigante.

6 comentários:

Rachel Chagas disse...

Gente... eu achei esse texto muito perfeito!! Que lin-do!! Sabe que tenho essas distrações de vez enquando?! Meu mundo pára e, só as coisas que me distraem parecem existir... é tão boa essa sensação...

PS: gostaria muito de te agradecer pelos parabéns, fico feliz demais pelo carinho!! Obrigada, obrigada, obrigada!!!

Beijão!!

Mônica Wesley disse...

Me lembrou "Avatar" tudo interligado e talz... nossa viajei... =***
Tenho q confessar q faz tempo q não consigo parar pra observar essas coisas simples... ¬¬

Raquel disse...

agora entendi por que tu tá sempre discordando lá no meu blog... é exatamente essa a intenção.

achei excelente a descrição nesse texto.

Paula disse...

O simples é lindo, né? =o)

Hana disse...

ha sabe o que vim aqui descordr junto com vc, deste etranho mundo...e ja sigo vc.
com carinho
Hana

Lais Castro disse...

Bacana o texto e também a imagem! Tou só passando para te desejar um fim de semana e te convidar pra ir ver o espetáculo do qual participo: O Menino que Contava Estrelas, às 16h no Teatro Joaquim Cardozo, rua Benfica, 157. É teatro de sombras. Últimos dias desta 2.temporada, hoje e amanhã. Abraço.