quinta-feira, 11 de março de 2010

Mulher vota em mulher!

Dilma e Lula

Se há algo que o Lula tem feito e tem feito bem é dividir o país, além do mais eu dou o braço a torcer e admito que nunca na história desse país foram inauguradas tantas pedras fundamentais. Num primeiro momento, dividiram o país em um país de pobres e ricos, onde todos aqueles de origem humilde são naturalmente bons e todos aqueles que prosperaram ainda que de maneira honesta não são tão nobres de caráter quanto aqueles de origem humilde, e lógico meu caro leitor que passear de pau de arara é fundamental para formação do caráter. Em seguida foi a vez de tornar a dividir o país entre pessoas que estudaram e as que não estudaram, e mais uma vez esta lá “O cara” se vangloriando de chegar a presidência sem jamais ter feito universidade, péssimo exemplo para as criancinhas.

Depois veio a vez de dividir o país em raças. Agora somos todos classificáveis em 3 raças: brancos, negros e indígenas, os dois últimos tem direito a cotas. A teoria da miscigenação como formadora da identidade cultural brasileira foi para a China! Agora tá lá em toda propaganda um negro, um índio e um branco, mas eu ainda acho pré-conceito não ter um judeu e um homossexual também.

Agora, seguindo a temática do dia internacional da mulher, chegou a vez dividir o país entre homens e mulheres onde “Mulher vota em mulher” e a eleição vira um palco para o povo brasileiro se mostrar menos machista através da eleição da Dilma. Tudo muito lógico, veja só que economia de tempo: não é mais necessário fazer campanha, debate, nem tampouco analisar projetos e históricos dos candidatos, mulher vota em mulher e conseqüentemente homem vota em homem. Pronto, está tudo resolvido! É nessas horas que eu paro e penso que é realmente necessário ampliar o acesso ao ensino, pois universidade faz uma falta!

5 comentários:

Mônica Wesley disse...

Eu já fui militante do PT, quando Lula ganhou a presidência eu chorei de alegria... Pq eu era do tipo de fazer campanha mesmo....
Mas engraçado,com o tempo fui perdendo o interesse em política...Acho q a graça era ser do contra... Pq muita gente era contra o Lula(ainda é)...
Quanto a mulher votar em mulher e homem votar em homem, acho q não é bem assim.. Tem mulheres q me envergonham.. =*

Jose mendes disse...

Quase não ficou claro que você é contra Lula. Mas me disseram que democracia era isso mesmo. Eu sou contra o "petismo" desenfreado. Mas quem faz política diferente? PSTU, que patrão não presta e trabalhador vota em trabalhador? E quando for patrão? O PSDB e DEM? ahh já sei os discursos: Quem é contra Lula não pode votar na base aliada.
hummm. Tem o PMDB, que hoje mais parece pequenos antros de putas do distrito: quem me der mais eu dô...o meu apoio.

Daniela Ramalho disse...

É muito comum a ideia de que as mulheres votam em mulheres, sempre que existem eleições seja para o que for em Portugal, também se usa sempre esse argumento e existem de facto muitas mulheres que votam noutras mulheres apenas por solidariedade feminina.

Leonardo Xavier disse...

Eu não sou contra o Lula, mas se tem algo que eu sou contra é modo como por mais escândalos que o PT e pessoas com cargos importantes no governo se envolvem, tudo continua impune. Eu acho interessante como o Lula vai lá e apóia um cara que emprega parentes como José Sarney, o quanto a diplomacia brasileira se mostra camarada com ditadores na américa latina. Em como o PT adotou o caixa 2 de campanha como uma prática universal. E a minha pergunta é : quem pode não ser contra tudo isso?

Janela disse...

Mulher vota em mulher e eu também, mas não na Dilma...