domingo, 8 de novembro de 2009

Loira do Tchan, ops Uniban! – Parte II, Manifesto em Prol da Mini-Saia

Loira do Tchan Uniban


Cá estava eu surfando na net, e pra minha surpresa, não é que a Loira do Uniban (agora identificada como Geisy Arruda) foi expulsa da universidade pelo seguinte motivo: “uma postura incompatível com o ambiente da universidade, frequentando as dependências da unidade em trajes inadequados”. Eu olho para tudo isso e me pergunto: Se usar micro-vestido não é condizente com o ambiente universitário, eu imagino que ficar no corredor urrando ofensas para uma colega também não o seja um comportamento adequado, assim como também não deve ser chutar portas e incomodar os outros alunos que estão em aula para ofender um colega. Enfim mais um item para lista de coisas que eu nunca vou compreender.

Em minha opinião, o mínimo que poderia ser esperado eram protestos das amigas, algo do tipo reunião do clube da mini-saia, já pensou se todo universidade resolve expulsar a as alunas que começarem a fazer exibição da figura durante as aulas? Eu temo por um mundo sem mini-saias e micro-vestidos, por que sem sombra de dúvidas esse será uma mundo muito mais triste, sem as moças a nos encantar com seus lindos tornozelos.

Nessas horas eu me pergunto cadê a indignação pública? Onde estão as pessoas tuítando: #viva a mini-saia, ou criando o dia da Mini-saia. Será que o país das mulatas do samba realmente vai ser render ao puritanismo e proibir o uso de saias nas universidades? Será que vamos obrigar os nossos universitários a utilizar uniformes? Isso se não chegarem ao nível de obrigarem as mulheres a usarem a famigerada burqua!

Eu vejo as mulheres lutarem tanto para conquistar os direitos de voto, de atuar no mercado de trabalho e de exercer sua sexualidade, aí vem um diretor de uma Universidade até então desconhecida e diz que é proibido usar micro-vestido. E aí como que fica? O pior é que fica tudo como está, pois apesar de não estarmos na Itália, aqui tudo acaba em pizza!


* Update: A musa defensora do bastião da liberdade de usar mini-saias teve sua expulsão revogada e o sol brilha novamente! Não haverá um amanhã sem Micro-vestidos!

6 comentários:

Renata Zovka disse...

Tô me sentindo a pessoa mais machista do mundo. =/ Pq não acho que lutar pra usar micro-vestidos (em ambiente estudantil) seja algo digno. Bom, de qualquer forma, não era motivo pra expulsão. Onde está o diálogo?

Leonardo Xavier disse...

Pow, pra mim eles começam censurando o jeito de alguém se vestir, ninguém reclama, depois eles censuram o jeito de falar, quando a gente abrir o olhos tão censurando o jeito que você pensa ...

Renata disse...

Revogaram a expulsão...
Ah, falando em faculdade...tenho que te contar minha saga no ENADE. Como aluna do 1° ano fui convocada. Detalhe: a prova era em Jaboatão Velho. Lugar em que nunca pisei na vida. Tive a brilhante idéia de pegar um táxi pra voltar de busão, já que, certamente, me perderia se fosse de carro. Resultado: R$ 44,00. A prova atrasou pq trocaram os malotes com Petrolina e não pudemos fazer a de Direito. Só de conhecimento geral. Ou seja, todos nós do prédio tiramos 10. E as instituições não foram devidamente avaliadas. É, sem dúvida, um país sério. ¬¬ Depois te conto a parte da volta pra casa. Surreal!

Lais Castro disse...

Oi Leonardo, de acordo como seu pensamento! Uma coisa absurda e inconcebível uma pessoa ser agredida por seus colegas de universidade em função do que está vestindo! E ainda por cima ser expulsa!!! Que coisa mais surrealista! Ainda bem que isso foi revogado!
Liberdade e respeito de e para todos!

Jorge disse...

E pondo mais um plus na história, hoje ouvi no rádio que a Geisy está sendo disputada pelas revistas masculinas. Das crises vem as oportunidades. Parece até o big brother da vida real.

Viviane disse...

tô adorando ler seu blog, e sua escrita está ótima!!!! bjosss