sábado, 11 de julho de 2009

I just don't understand

Eu realmente não entendo o comportamento de certas garotas na balada. Em teoria a balada é um lugar para tomar “umas” com os amigos, dançar e conhecer gente nova, seja simplesmente pra fazer novas amizades ou mesmo flertar. Portanto, eu não entendo o porquê de certas garotas irem pra balada fazer doce, afinal só pode ser esse o objetivo. Pois num lugar onde se deveria estar disposto a dançar e conhecer novas pessoas, fica uma garota dançando com as amigas e se recusando a aceitar um convite pra dançar. Eu realmente não entendo, ficam elas lá fazendo charminho pra dançar e aí depois tão lá dançando entre elas, ou mesmo sozinhas.

Partindo do suposto que a balada é uma oportunidade de se confraternizar com os amigos e de conhecer novas pessoas, sendo esse o espírito qual o mal de se aceitar uma dança. Eu acho que tem certos casos que a moça realmente tem motivos sérios pra rejeitar um convite desses por exemplo: se o rapaz estiver embriagado, sujo, fedido ou se for um homem de neanderthal (sim, essa é a denominação que eu dou aqueles sujeitos que já saem puxando as garotas pelo cabelo). Eu alguns casos a garota pode até estar indisposta pra dançar e tals. Isso eu até entendo.

A verdade é que eu tenho andado por aí com uns amigos que não são de nenhuma dessas espécies de sujeito e vejo que cada vez mais a uma expansão nesse comportamento de fazer doce, eu acredito que com esse tipo de comportamento, essas garotas acabam perdendo a oportunidade de conhecer novas pessoas, dessas algumas talvez sejam interessantes outras nem tanto (dependendo da sua definição de pessoas interessantes).

Eu acho esse tipo de comportamento lamentável que uma das coisas mais legais nas baladas é quando você conhece alguém que acha realmente interessante, sabe aquelas pessoas que você sente algo em comum, que gosta dos mesmos livros e atividades que você, uma pessoa com quem você partilhe as idéias. Enfim a todas essas oportunidades tão escapando. Simplesmente pra se manter uma pose artificial.

Nenhum comentário: